Tremor de terra deixa moradores de Baliza assustados

A terra tremeu no município de São João da Baliza, na tarde desta terça-feira (26 de novembro). Era por volta das 15h30, quando moradores da cidade ouviram um barulho estranho seguido de um tremor de terra que assustou as pessoas. Depoimentos dão conta de que o tremor tenha sido registrado também nos municípios de São Luiz e Caroebe.

Os relatos acerca do suposto tremor de terra se espalharam pelas redes sociais e nos grupos de WhatsApp dos quais os moradores participam. O blog conversou com moradores que relatam ter escutado um barulho estranho, seguido de um considerável tremor de terra.

Assustadas com o fenômeno, pessoas saíram de suas casas e ganharam as ruas, buscando entender o que estava acontecendo. A professora Nélia contou que estava em sala de aula com 20 estudantes, na hora do tremor. Assustados, professores e alunos deixaram as salas de aula e foram para o pátio da escola.

“Aconteceu um tremor estranho. Eu estava na sala de aula com as crianças e todas elas, assim como os funcionários da escola, perceberam o tremor de terra. Antes houve um barulho muito estranho. Nós ficamos todos assustados por nunca termos presenciado um fenômeno desse tipo”, disse.

O morador de Baliza, João Carlos da Silva Furtado, relatou que estava no prédio da Universidade Estadual de Roraima (UERR), no município, junto com mais três pessoas quando sentiu um certo desequilíbrio e viu o prédio tremer. Ele disse que viveu um momento assustador.

“Nós estávamos no segundo andar do prédio, no laboratório de matemática, quando ouvimos o estrondo. As escadas do prédio tremeram. Nós estávamos perto de um jogo de balanças e elas também tremiam. O prédio balançou. Fiquei com as pernas bambas sem reação, pois não sabia o que estava acontecendo”, contou.

Por sua vez, o agricultor de nome Genival disse à reportagem que estava em seu sítio, quando ouviu um barulho estranho e sentiu a terra tremer. “Eu estava na varanda da minha casa, quando ouvi um barulho, como um estrondo, e senti uma sensação diferente. Eu fiquei bastante assustado, pois foi algo realmente inexplicável. Praticamente todos os moradores de Baliza ficaram meio apavorados”, disse.

Ouça abaixo o relato dos moradores sobre o tremor de terra em Baliza:

João Carlos da Silva Furtado, morador de Baliza. Ele sentiu o tremor, quando estava no prédio da UERR
A professora Nélia estava em sala de aula com 20 alunos, quando ouviu um barulho estranho seguido do tremor de terra
Genival, agricultor de Baliza, estava na varanda da sua casa, no sitio de sua propriedade, quando sentiu o tremor de terra.