Mecias de Jesus terá foco em regularização fundiária, energia e saúde

Político com larga experiência, Mecias de Jesus (PRB) inicia seu primeiro mandato de senador tendo como principais bandeiras de luta a regularização fundiária, com a transferência definitiva das terras ainda em poder da União para Roraima.

O parlamentar disse que também pretende lutar a vinda do Linhão de Tucuruí assim como pela melhoria dos serviços de Saúde e Segurança no Estado. Mecias foi eleito com 85.366 votos totalizados (17,43% dos votos válidos).

“Temos várias prioridades nesse primeiro momento. Mas, o que vemos como mais urgente é a situação fundiária e a energética, que são primordiais para o nosso desenvolvimento econômico. Roraima precisa dar segurança jurídica aos proprietários das terras, para que eles possam garantir financiamentos e investir na agricultura familiar e no agronegócio”, afirmou.

De acordo com o senador, que será empossado nesta sexta-feira (1 de fevereiro), é extremamente necessário dotar Roraima de energia de qualidade para atrair novos investidores de outros estados.

Mecias promete ainda forte atuação para resolver o problema da saúde. Ele disse que buscará aumentar a quantidade de recursos destinados para área, e proporcionar desta forma, melhorarias na qualidade dos serviços oferecidos a população.

“A Saúde de Roraima hoje com um dos problemas mais graves que enfrentamos. Nossos hospitais não dispõem do mínimo para atender a população que depende da saúde pública. A situação do nosso Estado se agravou muito, principalmente depois da vinda dos venezuelanos, que também consequentemente afetou questões relativas à Segurança pública”, afirmou.

O político disse ainda que Roraima é um dos estados mais violentos do Brasil e ele buscará soluções para a área da segurança. “Como senador, terei que trabalhar por causas nacionais, mas, quero, com urgência, tratar das questões de Roraima”, explicou.

União da bancada

Uma das preocupações de Mecias de Jesus é buscar a união da bancada federal, tanto deputados quanto senadores em prol da busca de soluções para os problemas do Roraima.

“Já terminou a campanha. Agora, precisamos unir forças em um objetivo comum que é resolver todas as demandas pertinentes ao nosso Estado. Ninguém é mais adversário. O momento é de integração para o bem comum do povo de Roraima”, destacou.

Eleição da presidência

Depois da posse dos novos senadores, haverá um intervalo para a segunda reunião, em que será eleito o novo presidente do Senado. A expectativa é que ela tenha início por volta das 18h.

O nome eleito vai comandar a Casa por dois anos e também exercerá a função de presidente do Congresso. Os nomes dos candidatos serão conhecidos apenas no início da reunião.