Índios ocupam Orla de Caracaraí e atentam contra a vida uns dos outros, gerando confusão

A presença de cerca de 30 indígenas da etnia Yanomami na sede urbana de Caracaraí tem causado confusão na Cidade Porto. De acordo com a prefeita Socorro Guerra, os indígenas consomem álcool e entram em atrito entre si, quando são registradas tentativas de homicídio. O pior de tudo é a presença de crianças no grupo, completamente desassistidas.

A prefeita Socorro Guerra disse já ter acionado a Fundação Nacional do Índio (FUNAI), que até agora não tomou nenhuma providência. “Caracaraí está um caos. Esses indígenas estão acampados na Orla da cidade, todos embriagados e tentando matar uns aos outros. O pior é que eles investem contra os moradores da cidade também. Eu já não sei mais o que fazer”, disse.

Conforme a gestora, outro motivo de preocupação é o fato de que os índios estão ocupando exatamente o espaço onde acontecerá o Festival Folclórico de Caracaraí, no próximo final de semana. Ela teme que se nada for feito possa acontecer uma tragédia envolvendo índios e não índios. “Nós precisamos de ajuda”, clamou.

Índios embriagados ocupam Orla de Caracaraí e promovem confusão entre si, inclusive com tentativa de homicídio