GRUPO DE EXTERMÍNIO

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, secção Roraima, Alex Ladislau, não descarta a possibilidade da existência de um grupo de extermínio dentro da Polícia Militar do Estado de Roraima. É um assunto que merece investigação profunda do Ministério Público e da Corregedoria de Polícia do Estado. Certo é que ao longo dos anos muitas mortes inexplicáveis ocorreram no estado.