Haroldo e Mecias cobram apoio do MEC para garantir continuidade de serviços de educação básica em RR

A situação precária da rede pública de educação em Roraima motivou o deputado federal Haroldo Cathedral (PSD-RR) e o senador Mecias de Jesus (PRB-RR), nesta terça-feira (9), a solicitarem medidas emergenciais ao ministro Abraham Weintraub, durante audiência no Ministério da Educação (MEC).

Conhecedor profundo dos assuntos pertinentes à educação, Haroldo Cathedral cobrou uma intervenção efetiva do MEC para o auxílio e garantia da continuidade dos serviços na educação básica estadual.

De acordo com o parlamentar, os desafios enfrentados por Roraima frente à explosão demográfica decorrente do intenso fluxo imigratório fogem à realidade habitual e devem ser enfrentados como um problema da nação.

Na conversa com o ministro Weintraub , o deputado Haroldo e o senador Mecias pontuaram sobre as dificuldades que o governo enfrenta para manter os serviços de educação básica devido o aumento inesperado da demanda

“Esta grave crise humanitária se expressa diretamente no desequilíbrio do pacto federativo, de modo que a intervenção do Governo Federal nas áreas mais críticas se faz necessária, a fim de garantir e resguardar o direito das nossas crianças e jovens estudantes”, afirmou o deputado.

Haroldo e Mecias de Jesus entregaram um ofício contendo os números que comprovam a sobrecarga na rede de ensino e os impactos na qualidade da educação ofertada, em decorrência do crescimento do fluxo migratório de venezuelanos em Roraima.

Conforme destacou Haroldo Cathedral, atualmente o Estado absorveu aproximadamente nove mil estudantes venezuelanos, o que representa 12% no universo total de matrículas.

“Os efeitos desta expressiva sobrecarga implica no aumento exponencial das despesas, acarretando sérios e irreparáveis prejuízos na qualidade da prestação de serviços, como transporte e merenda escolar”, salientou Haroldo Cathedral.

Weintraub se comprometeu a atuar em parceria com a gestão estadual e garantiu o direcionamento de recursos para atender as demandas atuais.

O ministro afirmou que existe ainda no Ministério um planejamento para ampliar os recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para Roraima.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.