Bolsonaro e Denarium discutem ajuda humanitária à VE em videoconferência

O governador Antônio Denarium e autoridades militares discutiram o apoio logístico dado à ajuda humanitária destinada à Venezuela

O presidente da República Jair Bolsonaro discutiu numa reunião por videoconferência com o governador de Roraima Antonio Denarium e os militares da Operação Acolhida a logística da Força-Tarefa de Ajuda Humanitária à Venezuela em Roraima.

Segundo Denarium, Roraima está integrado às ações de ajuda humanitária internacional, apoiando o Governo Federal e as Forças Armadas, na logística da operação. O governador disse que não interessa ao estado a ocorrência de um conflito internacional.

“Os brasileiros e venezuelanos sempre tiveram um excelente relacionamento e nós, aqui em Roraima, estamos acolhendo todos venezuelanos que entram no Estado como refugiados. Tanto que, para dar suporte, foram implantados 13 abrigos em Roraima, que acolhem mais de 6 mil venezuelanos, que recebem vacinas, medicamentos, alimentação e vestuário por meio da Operação Acolhida”, destacou.

Conforme o general Carlos Teixeira, coordenador da Força-Tarefa de Ajuda Humanitária, os suprimentos da Operação estão chegando a Boa Vista, armazenados na Ala 7 da Base Aérea de Boa Vista, aguardando os caminhões e motoristas venezuelanos chegarem, para seguir para Venezuela. Teixeira disse que não há uma data previsa para enviar os donativos. Será preciso esperar abrir a fronteira.

Já coronel Newton Teixeira, comandante da Ala 7, da Base Aérea de Boa Vista, disse que os suprimentos estão chegando tanto por via terrestre, como por meio aéreo.

Para escoltar o comboio com suprimentos até a fronteira, a ação vai contar com apoio da Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Militar de Roraima.

A reunião contou com oficiais do Exército Brasileiro envolvidos nas ações da Operação Acolhida e a cúpula de segurança e de saúde do Estado de Roraima.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.