Haroldo propõe convênio entre Brasil e Portugal para reconhecimento de diplomas dos cursos de pós-graduação

Foi realizada, na última quarta-feira (6), uma audiência da Frente Parlamentar em defesa da língua portuguesa, com o embaixador de Portugal, Jorge Cabral, para exposição do plano de trabalho do colegiado. A reunião ocorreu na sede da Embaixada de Portugal em Brasília.

Os parlamentares integrantes do grupo de trabalho apresentaram uma pauta de intercâmbio nas áreas da educação, migração, assuntos sociais e comércio.

No encontro, o deputado federal Haroldo Cathedral (PSD) propôs a ampliação de um estudo sobre o processo de reconhecimento automático dos diplomas de pós-graduação stricto sensu, mestrado e doutorado, entre Brasil e Portugal.

O parlamentar falou sobre a dificuldade na revalidação dos diplomas, expedido por instituições estrangeiras, para os profissionais e estudantes brasileiros.   

“A nossa sugestão foi bem recebida pelo embaixador Jorge Cabral e ficamos de compor um grupo com a participação de educadores e representantes do Ministério da Educação” disse.

Haroldo destacou que assim será possível dar seguimento ao convênio de revalidação automática dos diplomas, com a previsão de estabelecermos critérios de reciprocidades entre os dois países. Esta é também uma excelente forma de fomentarmos o intercâmbio e o turismo”, disse Haroldo Cathedral.

Anúncios

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.