Romero Jucá pode renunciar à presidência do MDB

As informações vindas de Brasília apontam que o ex-senador Romero Jucá estaria disposto a deixar o comando do MDB. O ex-representante roraimense enrolado na Operação Lava Jato, no entanto, não abre mão de fazer seu sucessor. Busca acordo para isso.

Nessa busca por mudanças no comando do partido, o favorito para assumir o posto é Ibaneis Rocha, governador do Distrito Federal. Ibaneis conta conta com o apoio e a simpatia de Jucá.

Jucá já não faz segredo da sua disposição em passar o bastão ao correligionário, que é estreante na política.

Agora sem mandato, Jucá parece ter endendido que é tempo de submergir, ainda que temporariamente.

Dizem também que o ex-cacique emedebista chegou á conclusão de que não dá para permanecer na presidência do partido e ganhar a vida com consultoria política, conforme seu projeto particular já anunciado.

Anúncios

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.