Investidores muçulmanos visitam Roraima em busca de parcerias comerciais

A produção de alimentos em Roraima tem chamado atenção de diversos mercados internacionais, um deles é o muçulmano. O presidente da Fambras (Federação das Associações Muçulmanas do Brasil), Mohamed Hussein El Zoghbi, está em Roraima para conhecer o processo visando a exportação de produtos locais para o mercado muçulmano. A ação ocorreu ao longo desta sexta-feira, dia 11.

Esse nicho, que corresponde a um terço de todo o mercado consumidor mundial, adquiri apenas produtos fabricados de acordo com as orientações da lei islâmica, os chamados halal.

O titular da Seplan (Secretaria de Planejamento de Desenvolvimento) Marcos Jorge, que coordenou a visita do grupo de investidores muçulmanos em Roraima, explicou que essa população corresponde a um terço do mercado consumidor do mundo. Espalhados pelos cinco continentes, eles somam 1,8 bilhão de pessoas.

“Os produtos halal precisam de uma certificação de organismos de controle de qualidade muçulmanos para que sejam exportados. A Fambras possui uma empresa que atua justamente nesse ramo de emissão de selo halal. É muito importante para Roraima conquistar esse nicho, que movimenta somente no Brasil cerca de R$ 1 bilhão por ano”, disse o secretário.

Em Roraima, o presidente da Fambras visitou um frigorífico de abate de bovinos e uma usina de beneficiamento de arroz. Ele afirmou que o Estado tem potencial para se tornar um exportador de alimentos para o mercado muçulmano.

“O Brasil é hoje o terceiro maior exportador de produtos halal do mundo, perdendo apenas para a China e os Estados Unidos. Iremos verificar a possibilidade real de podermos habilitar Roraima por meio de autoridades internacionais e islâmicas para começar a exportar e também fazer parte deste mercado”, detalhou.

Segundo Mohamed Hussein, Roraima tem um enorme potencial para exportar alimentos para o mercado muçulmano.

Além de a possibilidade de exportar produtos, El Zoghbi afirmou que Roraima é um Estado geograficamente estratégico, fator que pode atrair investidores de mercados nacionais e internacionais. “A proximidade de mercados internacionais, a diminuição do custo de logística, isso tudo reflete de forma positiva. Vejo que o Estado tem um potencial muito grande para fazer parte desse mercado”, afirmou.

FAMBRAS – A Fambras possui uma empresa que atua na certificação de produtos Halal no Brasil. O trabalho é realizado desde 1979, como um Organismo de Certificação Halal para produtos no Brasil. A empresa é pioneira na implantação do Sistema Halal no Brasil, seguindo as principais normas internacionais.

Com informações da Secretaria de Comunicação do Governo de Roraima

Anúncios

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.