Justiça expede novo mandado de prisão contra o prefeito de Baliza Marcelo Jorge

O cerco contra o prefeito cassado de São João da Baliza, Marcelo Jorge Dias Fernandes, está se fechando. Mesmo assim, os vereadores do município insistem em deixar o gestor no cargo, quando deveriam afastá-lo para que o presidente da Casa assuma a prefeitura. Nesta terça-feira (8 de janeiro) a justiça expediu outra guia de prisão contra Marcelo Jorge e seu irmão Reinaldo Moraes Fernandes devido à sua condenação em segunda instância no “caso gafanhotos”.

Na Câmara Municipal, no entanto, continua tudo inalterado. Na semana passada, eu publiquei aqui no blog que o presidente da Câmara Municipal de Baliza, vereador Fernando Souza, se nega a assumir a prefeitura alegando que ainda não havia sido notificado oficialmente pela justiça acerca da cassação do mandato de Marcelo Jorge. O vereador Toinho Maia disse, no entanto, que a recusa de Souza em tomar uma posição pelo afastamento do gestor é decorrente da parceria política entre os dois.

O fato é que Marcelo Jorge está na iminência de ser preso, com a expedição de mais esse mandado de prisão contra ele. Moradores de Baliza que acompanham a situação de perto dizem ao blog que a situação é inexplicável. “Segundo informações que correm aqui na cidade, por serem poderes independentes, os vereadores não deram o cargo do prefeito por extinto e o presidente da Casa não assume a prefeitura. Ou seja, o vereador Fernando Souza continua prevaricando. Vai entender esses vereadores”, comentou um morador.

Histórico da movimentação do processo contra o prefeito Marcelo Jorge


Anúncios

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.