Jalser tenta colocar em votação a recondução da Mesa Diretora, mas Sampaio consegue adiar processo para fevereiro

Tão logo terminou a eleição dos membros da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, o deputado Jalser Renier (SD), eleito presidente da Casa para o biênio 2019/2020, quis colocar em votação o projeto de resolução 001/2019 com o objetivo de convocar uma sessão extraordinária para votar a recondução da mesa para o biênio 2021/2022.

A sessão extraordinária seria convocada para as 13h, conforme a proposta apresentada pelo presidente da Mesa Diretora em nome de todos os seus membros.

O deputado Soldado Sampaio (PC do B), no entanto, argumentou que fazer a recondução dos membros da Mesa Diretora sem seguir o rito determinado pelo Remimento Interno da Casa poderia abrir brecha para questionamentos posteriores na justiça, como ocorreu com a Câmara Municipal de Boa Vista. “É bom evitar constrangimento judicial futuro”, frisou.

Sampaio disse que não se sentia notificado com a apresentação verbal do projeto pelo presidente da Mesa Diretora da Assembleia em plenário. Para o parlamentar, todos os deputados precisam ser notificados em seu gabinete. “É preciso seguir o rito determinado pelo Regimento Interno deste poder”, afirmou.

Diante dos argumentos de Sampaio, o presidente da Assembleia acatou seu requerimento e adiou para fevereiro a sessão extraordinária que votará a recondução dos membros da Mesa Diretora.

Anúncios

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.