Servidores terão que comprovar vínculo para receber salários atrasados

O presidente Michel Temer liberou nesta segunda-feira (17 de dezembro) o montante de R$ 225,7 milhões para Roraima, destinados ao pagamento dos servidores estaduais. No entanto, para receber os salários atrasados, os funcionários terão que comprovar vínculo com as secretarias nas quais estão lotados.

De acordo com uma nota publicada pela Secretaria de Comunicação do Palácio Senador Hélio Campos, militares do Exército foram treinados e designados para fazerem o controle e comprovação do vínculo de trabalho dos servidores estaduais para, somente assim, o governo fazer a liberação dos pagamentos.

A nota diz que “para otimizar esse trabalho eles [os militares] serão acompanhados por servidores dos Recursos Humanos das secretarias e órgãos do governo”. Quem não conseguir comprovar vínculo empregatício ou o cumprimento da carga horária de trabalho, ficará sem receber.

O comunicado afirma que o “procedimento faz parte do controle necessário para evitar fraudes e prejuízos ao erário e visa resguardar os direitos dos servidores que cumprem sua carga horária de trabalho normalmente”.

Leia a íntegra da nota de esclarecimento publicada pelo Governo de Transição:

Anúncios

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.