Prefeito James Batista culpa governo por cancelamento da vaquejada de São Luiz

O prefeito de São Luiz, James Moreira Batista (MDB), anunciou pelas redes sociais o cancelamento da XXII Festa de Vaquejada e da XXI Feira de Agronegócios do município, que seriam realizadas simultaneamente neste mês de novembro.

Segundo as explicações apresentadas pelo gestor, num vídeo postado no Facebook, a medida foi necessária para preservar o salário dos servidores e a saúde financeira do município, devido ao atraso nos repasses das parcelas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) pelo Governo de Roraima.

James Batista elencou o que disse ser “razões diversas” para deixar de realizar o tradicional festejo,que movimenta toda a Região Sul de Roraima durante três dias. Conforme Batista, sua administração havia planejado realizar a vaquejada 2018 com recursos próprios, mas, para isso, precisava receber do governo os repasses atrasados do ICMS, o que acabou não acontecendo.

“Diante dessa situação, sentimos a necessidade de termos a responsabilidade necessária com as finanças do município”, disse. “Infelizmente, não teremos condições de fazer a vaquejada este ano. Vai ficar para 2019”, lamentou.

O gestor disse ter conseguido algumas parcerias e patrocinadores para o evento, mas para realizar a festa dependia em grande parte do recebimento dos recursos de ICMS, cujos repasses não têm sido repassados pelo Governo de Roraima há meses.

“Nós precisávamos que o governo cumprisse com a sua obrigação, repassando aquilo que é de direito do município constitucionalmente”, disse Batista salientando que fez gestão junto à Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz), no sentido de conseguir a liberação dos recursos, mas não obteve sucesso.

Anúncios

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.