Mauricélio admite gastos de quase R$ 150 mil com diárias de vereadores e assessores

O presidente da Câmara Municipal de Boa Vista, vereador Mauricélio Fernandes (MDB), admitiu ao Blog do Luiz Valério, no final da tarde desta quinta-feira (22 de novembro), que gastou quase R$ 150 mil reais em dois meses com o pagamento de diárias de colegas parlamentares e servidores da Casa.

Segundo Mauricélio, o Poder Legislativo Municipal está investindo na capacitação dos servidores, que têm participado sistematicamente de cursos fora do Estado de Roraima. “Nós investimos na compra de equipamentos, como novos computadores e centrais de ar, e também estamos investindo na capacitação dos nossos servidores”, disse o vereador.

Matéria publicada aqui no blog mais cedo nesta sexta-feira, registrou a insatisfação de servidores quanto ao não pagamento dos seus salários, que geralmente ocorre até o dia 22 de cada mês.

Conforme a queixa dos funcionários da Câmara, enquanto eles vão ter que esperar para receber o salário na próxima semana, os vereadores já teria recebido os recursos da verba indenizatória e das diárias adiantados. A previsão é que eles só recebam no próximo dia 27 (terça-feira).

Enquanto admitiu o gasto considerável com diárias, Mauricélio negou que tenha repassado de forma adiantada os recursos das verbas de gabinete, pois, segundo ele, os recursos só podem ser repassados a partir do dia primeiro do mês subsequente, conforme Resolução aprovada na Casa.

Em mensagem enviada para o blog, via WhatsApp, Mauricélio Fernandes disse que “não foi antecipado verba indenizatória para nenhum vereador”. Ele também afirmou que o salário dos servidores não está atrasado.

“Garanto que não irei atrasar o pagamento da Câmara e não estamos com nenhum problema financeiro. Ao contrário, já estamos com o Décimo Terceiro dos servidores aprovisionado e iremos pagar a todos os nossos servidores em dia”, afirmou em outra mensagem.

Anúncios

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.