Membros da Mesa Diretora da Câmara viajam e deixam servidores sem salário

Os servidores da Câmara Municipal e Boa Vista estão revoltados porque o salário que comumente é pago no máximo até o dia 22 de cada mês não foi repassado aos funcionários. O motivo do atraso é porque simplesmente os membros da Mesa Diretora, responsáveis pela assinatura da folha de pagamento, estão viajando para fazer ‘cursos’ fora de Roraima.

O que mais causa indignação nos servidores é o que eles apontam como desrespeito porque, enquanto que a Câmara antecipou o pagamento da verba indenizatória para todos os vereadores, no valor aproximado de R$ 28 mil reais (por gabinete) para o dia 14 de novembro, os servidores que contavam com seu salário para hoje sequer receberam satisfação.

Além da verba indenizatória, os vereadores que estão viajando também receberam antecipadamente o dinheiro das diárias referente às viagens,

Somente nos meses de outubro e novembro de 2018, a Câmara já pagou mais de 200 diárias de viagens para vereadores e seus assessores de gabinete num montante que passa de R$ 150 mil reais. A diária recebida por um vereador em situação de viagem é de R$ 1 mil. Aquela paga aos assessores é proporcional, podendo ser do mesmo valor.

Como o presidente e vice, Mauricélio Fernandes, Júlio Cézar e Rômulo Amorim estão fazendo ‘cursos’ foram de Roraima, o vereador que está como presidente em exercício Rondinele de Souza Oliveira (Rondinele Tambasa).

Caberia a Tambasa autorizar o pagamento, mas a justificativa esdrúxula da Casa é que precisa fazer uma ‘chave de pagamento’ no junto ao Banco do Brasil para liberar os recursos e isso demanda um prazo de 48 horas. Portanto, todos terão que aguardar para receber o salário somente na próxima semana.

Anúncios

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.