ENTREVISTAS COM CANDIDATOS – Telmário diz Roraima não teve nenhum governo competente depois de Ottomar

Continuando a série de entrevistas com os candidatos ao Governo de Roraima, o programa Direto ao Ponto com Luiz Valério recebeu, na manhã desta quinta-feira (27), o candidato pelo PTB, Telmário Mota. Durante a entrevista, foram abordados temas como saúde, infraestrutra e endividamento do Estado.

Na área da saúde pública, o candidato aponta o afogamento das unidades estaduais e a ausência de unidades de pronto atendimento como os principais problemas a serem solucionados em seu governo.

“A saúde de Roraima hoje não é planejada. A prefeita não cumpre com a responsabilidade de atender casos de baixa e média complexidade sobrecarrega a rede de alta complexidade do Governo. 8 em 10 pessoas que vão aos hospitais, poderiam ser atendidos em unidades básicas da prefeitura”, disse Telmário.

De acordo com o candidato, Boa Vista é a única capital do Brasil que não tem uma unidade de pronto atendimento. “Faremos uma UTI no Norte e no Sul do Estado, e desafogaremos o Hospital Geral de Roraima”, afirmou.

Sobre o endividamento do Estado, Telmário atribuiu a responsabilidade aos governos que sucederam Ottomar Pinto.

“Roraima está na beira do buraco. Ottomar morreu e deixou dinheiro em caixa. O que Anchieta fez? Se abraçou com Jucá, o maior ladrão desse país. Torraram o dinheiro que Ottomar deixou e fizeram uma dívida de 1 bilhão e 800 milhões, nos vamos pagar essa dívida por 20 anos, 22 milhões por mês, um dinheiro que podia ir pra educação, saúde, infraestrutura e ninguém sabe pra onde esse dinheiro foi. Nós vamos apurar e pactuar essa dívida com o Governo Federal, cortar gastos variáveis, diminuir salário de governador e secretário e reduzir secretarias (…).

Telmario também falou sobre infraestrutura e educação. Para conferir a entrevista na íntegra, assista à live do programa Direto ao Ponto de hoje!

https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fblogueiroluizvalerio%2Fvideos%2F173328500233883%2F&show_text=0&width=560

Ouça a íntegra da entrevista com Telmário Mota:

Anúncios

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.