MARINA QUER CRIAR FUNDO CONTRA DESMATAMENTO

2058FP345.jpg

Em entrevista concedida à Agência Brasil, órgão de informação governo federal, a ministra do meio ambiente Marina Silva disse que o Plano Nacional de Enfrentamento às Mudanças Climáticas, em elaboração pelo governo federal, deverá propor a criação de um fundo internacional destinado a países em desenvolvimento que conseguirem reduzir os níveis de desmatamento.

Conforme explicou Marina Silva, os recursos do fundo viriam de países ricos. Ela afirmou que o Ministério do Meio Ambiente vai se empenhar com ênfase nesta proposta. “Os países ricos aportando recursos para um fundo voluntário destinado aos países em desenvolvimento que reduziram as suas emissões de CO2 (dióxido de carbono) em função da diminuição do desmatamento, como fez o Brasil”, disse a ministra..
Marina Silva afirmou que nos últimos dois anos o Plano Nacional de Combate ao Desmatamento foi responsável pela redução de 430 milhões de toneladas de CO2 no Brasil. Os recursos do fundo seriam usados de acordo com as estratégias de cada país, para que conseguissem reduzir o desmatamento e a conseqüente emissão de dióxido de carbono.

Os países ricos que financiariam os recursos do fundo, priorizariam investimento no campo da pesquisa, do avanço tecnológico, modelo de matriz energética ou mesmo um modelo de padrões de desenvolvimento como é o que nós preconizamos, sobretudo para a Amazônia.

Anúncios

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.