A POLÊMICA DOS SALÁRIOS

A Assembléia Legislativa aprovou, na surdina, um projeto de autoria do Poder Executivo estadual que aumenta o salário do governador para R$ 21.200 e do vice-governador para R$ 18.350. Pelo projeto aprovado, um secretário de Estado passará a ganhar mais de R$ 12 mil. Esse aumento equipara os vencimentos do governador com os dos desembargadores do Tribunal de Justiça, que é de R$ 22,1 mil. Caberá ao governador Ottomar Pinto sancionar ou vetar a lei que foi aprovada pelos deputados estaduais, mas que teve origem dentro do próprio Palácio Senador Hélio Campos (sede do governo). Se for sancionado (alguém duvida que seja?) os procuradores de Justiça do Estado poderão requerem o mesmo reajuste. Curiosa mesmo foi a forma como os deputados resolveram votar o aumento. A sessão se deu no chamado Plenarinho, sem nenhuma publicidade, longe dos “olhos” e “ouvidos” da imprensa.

Anúncios

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.