PELA PLURALIDADE DE OPINIÃO

Roraima é um estado brasileiro com menos de quatrocentos mil habitantes distribuídos em apenas 15 municípios. Mais de 60% da população roraimense estão concentrados na capital, Boa Vista, que dista apenas 212 quilômetros de Santa Elena, primeira urbe venezuelana. Trata-se de um estado encravado numa região de fronteira, portanto, estratégico para a segurança e os interesses nacionais. Mas que sofre com certo descaso do poder central do país.

Com tais características, Roraima sofria de um problema grave para as sociedades modernas: a carência de veículos de informação impressos que garantissem a pluralidade de opiniões e a possibilidade de o leitor comparar as diversas versões de um mesmo fato. Depois do fechamento do Jornal Brasil Norte, há mais de dois meses, restou apenas a Folha de Boa Vista, que nos seus 25 anos de existência tem uma relação de amor e ódio com os seus leitores, devido à indecisão na sua linha editorial. Leia mais clicando aqui

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.