As semanais da próxima semana
Hoje ainda é sexta-feira, 21 de abril, mas as revistas semanais que estarão nas bancas na próxima semana já estão fechadas e circulam em São Paulo. Antecipo aqui as capas das publicações, datadas para 26 de abril.
A Veja traz na capa uma reportagem intitulada “Chuva de Dinheiro”, que trata sobre a corrida de bancos e financeiras atrás de clientes, oferecendo empréstimos e cartões de crédito. O semanário também e, esperadamente, destina espaço razoável ao depoimento do ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos no Senado.

A desfigurada IstoÉ, de Domingo Alzugaray, destaca a crise da Varig, na reportagem de capa “A Varig não pode morrer”. Em texto introdutório, a matéria assinada pelos jornalistas Milton Gamez e Hugo Studart diz que “Estatização é a melhor saída para acompanhia que traz US$ 1,2 bilhão em divisas todos os anos para o País, gera 50 mil postos de trabalho e é uma das marcas brasileiras mais respeitadas no Exterior”.

Com a matéria de capa intitulada “Derrame – Por dentro da doença que mais mata no país”, a revista Época fala sobre novas técnicas e tecnologias que ajudam na reabilitação dos pacientes acometidos de derrame.

Já a revista Carta Capital trás um interessante desdobramento sobre o caso Francenildo. O repórter Leandro Fortes foi até a cidade de Nazária, no sertão do Piauí, e encontrou o empresário informal, Antônio Alves Filho, 45, que teria emprestado R$ 10 mil dos R$ 25 mil depositados na conta do caseiro Francenildo por seu suposto pai biológico. A quebra de sigilo do caseiro culminou com a queda do ministro da Fazenda Antônio Palocci e o presidente da Caixa Econõmica, Jorge Matoso.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.