Seria medo?

A Assembléia Legislativa de Roraima também reiniciou os seus trabalhos legislativos esta manhã. Foi montado um forte aparato de segurança para, digamos, manter a tranquilidade no ambiente.
Cerca de 20 policiais militares fizeram a guarnição doPalácio Júlio Martins. Dois deles munidos com detectores de metais fizeram a vistoria de todos que entravam na Assembléia.
Essa medida ainda foi um resquício dos manifestos dos policiais civis, na quinta-feira, 9, quando os deputados de situação esvaziaram o plenário para não votar o projeto da gratificação por risco devida (GRV) dessa categoria.
Da galeria, os policiais assisitiram silenciosos o desenrolar da solenidade. Insatisfação estampada nos rostos, mas contida nos atos.
De sua parte, o governador OttomarPinto (PSDB) falou de corte degastos, ajuste das contas públicas, descentralização de compras, melhoria de escolas e hospitais e todo esse blá-blá-blá de quem está no poder e mais, de quem é candidato à reeleição.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.